Belém: Há 33 anos um aviso alertava os falsos corretores de imóveis.

O Conselho de Corretores de Imóveis, antes ligado ao de Goiania, estava no seu nascedouro em Belém do Pará. Era preciso disciplinar um mercado de poucas ou quase nenhuma regra e por isso,
sem garantias e de ética duvidosa.
Com esse anúncio no extinto extinto Jornal "A Província do Pará", o Creci da 12a Região alertava falsos corretores e aventureiros do mercado imobiliário de Belém. A partir de então, imóvel só com corretor regularizado. É bem verdade que mesmo depois do anúncio, a prática nunc deixou completamente de existir, mas vale a lembrança.
Este aviso faz parte da memória imobiliária do Pará.

Comentários