Famosos : Acusação de Fraude imobiliária contamina marca "Pele"

Quatro empresários brasileiros, donos da empresa Build Angola, estão sendo acusados de vender e não entregar pelo menos 540 casa no país africano, segundo a revista Istoé. Contratado como garoto propaganda do investimento em 2009, Pelé tem a imagem arranhada e leva prejuízo, mas nega ter participado da fraude.

O ex-jogador foi o grande chamariz do negócio, que prometia vender casas para as classes média e alta de Angola. As unidades não foram entregues no prazo prometido, a confusão ganhou repercussão no país africano e os empresários brasileiros estão sendo notificados pela Justiça local.

Pelé, oficialmente, era só o garoto-propaganda do negócio. O problema é que na época do lançamento, quando ele chegou a visitar o país, ele falou como investidor e levantou suspeitas. “Fico feliz por investir em Angola. Deus sempre me coloca em equipes vencedoras”, disse o ex-jogador à época, segundo a Istoé.

Leia mais

Comentários