Polêmica: Síndico só com ficha limpa

Depois da aprovação da lei no STF no ano passado, a Lei da Ficha Limpa chegou ao condomínio Presidente, em Curitiba, que decidiu introduzir o mesmo conceito em seu regulamento interno.

O documento determina que seja proibida a candidatura a síndico ou a membro do conselho fiscal de pessoas que já administraram o condomínio e tiveram suas contas reprovadas em assembleia, ou que saíram sem prestar contas. A norma foi aprovada por unanimidade em assembleia geral extraordinária.

O edifício tem 117 apartamentos residenciais e um conjunto comercial, com seis lojas térreas. De acordo com o atual síndico, Cláudio Márcio, o regulamento interno foi criado depois de uma advogada, ex-síndica e proprietária de 35 apartamentos, ter se candidatado a síndica nas eleições de 2010, mesmo tendo acumulado três ações na justiça por irregularidades na prestação de contas do condomínio Presidente.

Imagine se a moda pega...

Leia mais

Comentários