Os micros apartamentos nunca foram tão desejados

Por muitos anos, as incorporadoras ofereciam apartamentos de três ou quatro dormitórios para atender a uma demanda de pessoas e investidores interessados em unidades mais espaçosas para famílias com dois ou três filhos. Atualmente, o cenário imobiliário mudou e já houve um crescimento no número de pessoas sozinhas que querem comprar o primeiro imóvel.

O novo perfil de famílias menores, solteiros, divorciados e idosos, fez aumentar a procura por apartamentos compactos de até dois dormitórios. “Há uma demanda por imóveis compactos e bem localizados, principalmente nas regiões centrais das cidades.

Como o objetivo das incorporadoras é atender esse público, a disputa por terrenos bem localizados ficou ainda mais acirrada”, explica Marcos França, diretor comercial da Requadra Desenvolvimento Imobiliário.

Leia mais

Comentários