Mundo: Uma casa de R$ 115 milhões entre as mais caras do mundo

A cidade com os imóveis mais caros do mundo é Hong Kong; uma mansão na ilha chinesa chegou a custar US$ 11 mil (R$ 22.118 ,80) por metro quadrado no ano passado. A média de tamanhos de uma casa bilionária ali é de 5.200 metros quadrados, fazendo com que a média do empreendimento bata na casa dos US$ 57 milhões (R$ 114,6 milhões). A segunda cidade mais cara atualmente é Tóquio, no Japão.
 
A Forbes lembra ainda que alguns fatores vão impactar o mercado de mansões: políticas governamentais que taxam os ultra ricos. Em Hong Kong, por exemplo, há taxas e obrigações para compradores estrangeiros; na França, também há impostos para taxar os mais ricos, o que já fizeram os preços das casas caírem entre 8% e 10%. Outro fator que vai impactar este mercado é a motivação para a compra da casa. Hoje, os mais ricos querem comprar propriedades para alugá-las
 
Leia mais

Comentários