Hotelaria: Prisão que virou hotel e prédio com quarto invisível: é preciso ser diferente no setor

Após sua falência nos anos 30, o Lloyd Hotel Amsterdam tornou-se uma prisão para os holandeses que não concordavam com o regime de ocupação nazista. Depois da Segunda Guerra Mundial, virou prisão para aqueles que colaboraram com os nazistas.

Mas em 2004, o prédio voltou a ser hotel. Com tanta história, seria injusto reformar todo o imóvel, na opinião dos arquitetos do escritório MVRDV, que criaram o projeto. Boa parte do desenho original, incluindo pilares, corredores, azulejos e pisos foi mantida. Nos quartos, que vão de uma a cinco estrelas, os móveis são de ferro, lembrando o estilo do tempo das guerras do século 20. A decoração de vários ambientes tem um estilo rústico europeu.

O hotel Hütten Palast, em Berlim, investiu em uma maneira inusitada de atrair mais hóspedes. Além de quartos tradicionais, o estabelecimento oferece a possibilidade de acampar dentro de um trailer ou em cabanas. O conceito é parecido com o de um camping tradicional: os turistas dividem uma área comum, mas com a privacidade de poder dormir na sua "acomadação urbana" preferida. 
Leia mais . Conheça mais do Lloyd Amsterdam aqui

Comentários