Tendências : Ao Gosto do cliente é a nova ordem dos projetos imobiliários.

Alguns empreendimentos não destoam dos prédios da vizinhança, mas se confundem com a paisagem, são parte dela. Eles buscam na identificação local seu diferencial no mercado, abarrotado por lançamentos de todas as tipologias e padrões. Algumas vezes, apostam em referências históricas. Em outras, tentam flertar com comunidades que ocupam ou ocuparam região.
De um antigo armazém para estocagem de café na Vila Matias, em Santos, sobraram as paredes de tijolos em formato triangular onde devem ser erguidos os lançamentos Fusion e Trend, da incorporadora PDG. "Os galpões daquela área tinham características bacanas e decidimos mantê-las", diz o diretor de incorporação da empresa, Eduardo Machado.

O Luzes da Mooca, lançado em 2010 pela incorporadora Cyrela Brazil Realty, tem estratégia semelhante ao produto santista. O projeto preservou a chaminé da antiga Companhia União dos Refinadores, que funcionava no terreno onde o empreendimento será instalado - parte do bairro, tomada por indústrias por anos, agora dá lugar a edifícios de perfil familiar.

Leia mais

Comentários