Metrópoles: Quadras de esportes dão lugar a novas construções

Na Master Tênis, em funcionamento desde 1999 na Vila Leopoldina, o silêncio interrompido por uma ou outra raquetada indica que está chegando a hora. A academia de 6.000 metros quadrados deve fechar as portas em julho, abrindo espaço para a construção de um prédio comercial no mesmo terreno. Das suas sete quadras, quatro já estão interditadas.

A missão de encontrar um local para disputar partidas será cada vez mais difícil. Nos últimos três meses, sete outros grandes complexos para a prática do jogo na cidade tiveram o mesmo fim. Segundo estimativas de pessoas ligadas ao circuito, mais vinte quadras sofrem idêntica ameaça. Fenômeno semelhante ocorre na área do futebol society, que perdeu mais de sessenta campos na capital desde 2008.

Para saber mais desse movimento dos " sem quadra" leia a Vejinha aqui

Comentários

José Tavares disse…
Parabéns pelas materias postadas. Como sempre bem direcionadas ao nosso público imobiliario.

www.neivacoelhoimoveis.com.br