O Carrefour se aproxima de Belém

Depois de anunciar que vai baixar praça em Imperatriz, no Maranhão, a multinacional francesa dona do Carrefour prepara o bote no Pará.

Isto é como uma soma simples de 2+2. Essas grandes operaçõs só se viabilizam quando montam vários pontos de varejo em torno de um grande CD. 

Há pelo menos três anos, (O Blog do Imóvel postou sobre o tema aqui) executivos da empresa vem assediando redes locais para incorporação. Além disso insistem em uma busca desenfreada por terrenos acima de 30.000m2 principalmente na entrada da capital. 

É possível até que já tenha inclusive feito negócio, usando terceiros para não despertar a cobiça de um mercado que cobra mais caro, de acordo com a cara do dono.   

Comentários