Micro Varejo é alvo de modelo de Shopping Popular



Começa a funcionar nesta sexta-feira o primeiro shopping do Largo 13, no bairro paulistano de Santo Amaro, um centro comercial feito sob medida para a nova classe média brasileira, a classe C.

Localizado num reduto de comércio popular, onde predominam lojas de rua e circulam mais de um milhão de pessoas diariamente, o shopping teve investimento de R$ 240 milhões.

Romiti conta que o Mais Shopping Largo 13 foi inspirado num empreendimento gaúcho, o Shopping Total Porto Alegre. A fórmula combina grandes redes varejistas com lojas menores.

No total, serão 400 lojas, das quais 300 convencionais, como Lojas Americanas, Drogaria São Paulo e McDonald’s, localizadas na lateral do empreendimento, e 100 modulares, com 12 metros quadrados de área de vendas e que ficam na parte central do prédio. Nesse caso, a intenção era ter um espaço diferenciado para o pequeno comércio.

O segredo comum aos dois portes de loja nesse shopping é ter uma oferta de produtos adequada ao consumidor desse estrato social, cuja renda média familiar varia entre R$ 1,5 mil e R$ 4,5 mil por mês. A rede de móveis e eletrodomésticos Magazine Luiza é uma das 300 lojas convencionais.

Leia mais

Comentários