Imóveis do Minha Casa poderão ser reajustados

Demorou, mas a realidade não demorou a aparecer. Depois da euforia do Minha casa Minha vida em valores fixos, vem ai o despertar do sonho. As construtoras avisam que só dá pra continuar se mexer nos preços.

O governo já discute a possibilidade de reavaliar os valores dos imóveis do programa Minha Casa, Minha Vida para evitar a defasagem de preços e impedir a queda no desempenho de atendimento para seus beneficiários, especialmente no caso dos grandes centros urbanos. Se a ideia for aprovada dentro do governo federal, essa atualização de valores só valeria para a segunda versão do programa, o Minha Casa, Minha Vida 2 e não para os contratos atuais já assinados.

A definição do preço dos imóveis utilizados para cálculo de subsídios foi feita em dezembro de 2008 e não sofreu alterações desde então. As construtoras estão pleiteando uma revisão desses valores, principalmente para a faixa de imóveis entre zero e três salários mínimos, justamente a mais popular do programa.

Leia mais

Comentários