SP tem menor estoque de imóveis e preços sobem 27%

Com a redução no número de lançamentos de imóveis residenciais na capital paulista, a quantidade de unidades novas em estoque atingiu em março o menor nível de toda a série histórica da pesquisa do Secovi (Sindicato da Habitação) de São Paulo, iniciada em 2005.

Com isso, o preço do metro quadrado de área útil dos imóveis novos subiu 26,7% em dois anos, considerando o valor médio registrado nos últimos 12 meses terminados em março de 2008 (R$ 3.108,69) e em março de 2010 (R$ 3.939,88), de acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira pela entidade. Já no confronto entre março de 2009 e de 2010, o acréscimo foi de 5,6%.

Leia mais

Comentários