IPTU pode levar imóveis a leilão em Belém

O leilão seria inédito e baseado na dívida ativa de imóveis junto a prefeitura. Quem deve IPTU foi citado e não pagou, ou já foi condenado pode ter o desprazer de ver o seu bem na lista que pode ser colocado a venda pelo município.


Abriga será feia porque atingiria desde imóveis menores, avaliados em R$ 30 mil a Imóveis que custariam R$ 10 milhões.

Entre alguns doevedores estariam a Companhia Docas do Pará, uma garagem de empresa de ônibus, na Pedreira e o esteleiro ETN em Icoaraci, a jóia da coroa ded maior avaliação.

Podem até questionar, mas o leilão é legal e pode dar muita dor de cabeça para que andava achando que se esqueceriam das dívidas.

Fonte: Mauro Bonna ( Diário do Pará, 16.05.2010 )

Comentários