Análise . Preços dos Imóveis sobem rápido pelo mundo. Quem comprou barato, agora lucra.


Como a história do homem e a velha lição bíblica de vacas magras e gordas se sucedendo, as crise repetem uma receita comum. depois da tempestade, a bonança e depois a tempestade novamente,

É como se fosse um jogo, que é preciso sangue frio para comprar, quando todos ficam medo de comprar e vender na hora em que todos evitam vender, apostando que o preço pode ser maior no dia seguinte.

Depois da crise de 2006 que desemborcou na crise de crédito de 2008 nos Estados Unidos e que nos anos seguintes arrastou o mercado imobiliário, literalmente a lama, a maré que já virava lá em 2012, parece que agora deve entrar em um ritmo de muito dinheiro.  

A analise é mundial. O problema é que no Brasil, as coisas acontecem com atraso. A crise de 2008 só explodiu entre 2013 e 2014 aqui, e essa recuperação também deve demorar um ou dois anos para aportar em terras pátrias.

Observando esses mercados, é possível tirar algumas lições interessantes. A primeira é que, quem comprou quando o mercado estava em baixa, contrariando todo o movimento pessimista que inibia qualquer movimento neste sentido, já dobra os lucros que no mercado internacional é algo impensável em investimentos convencionais.

A segundo é a conclusão da primeira lição. As crises passam. Quem andar junto com a manada, vai para o brejo mais rápido e pior, quando a maré mudar, e isto deve acontecer a partir de 2017, não terá fôlego para retomar de onde parou.

Medir riscos e fazer, no lugar de ficar apenas com medo é quase uma receita de adivinhar o seu futuro.

Leia mais aqui

Comentários