Pra Pensar. Porque é preciso ( também ) amar as crises.

A crise, esta incompreendida. Quando chega , tira todo mundo do sério, espalha o mau humor e deixa cada cidadão com aquela sensação de derrota e de incapacidade. É como se a enxurrada tivesse descendo e pegasse você no meio do caminho. A única saída, parece, contentar-se com a má sorte, rezando para sair vivo. 

Queria neste momento pedir a você uma reflexão. Algo que, pessoalmente , fiz há cerca de um mês. Você goste ou não, as crises são sensacionais.

Elas tem o poder único de produzir uma revolução na sua vida, de obrigar você a sair da zona de conforte e reprogramar um caminho, podia estar completamente ofuscado por um mar de calmaria, que, definitivamente, não faz bons marinheiros.

É preciso parar e pensar no que está errado, onde é ´possível consertar, como é possível sobreviver mesmo com a água no pescoço e mais grave de tudo. Você vai precisar ir contra a maré de pessimismo que assola as sociedades nos momentos adversos.

Remar contra a maré não é fácil. Vão chamar você de louco ( até  que você prove estar certo e virar um gurú de uma geração). Vão torcer para dar errado. mania triste de , no lugar de dar um empurrão pra frente, esperando que seu amigo lhe puxe depois, a maioria puxa pra trás, como se o melhor caminho, fosse todo mundo ficar na m...

Você não acredita no que é capaz e só vai descobrir graças a momentos difíceis como as crises. Reinvente-se, redescubra-se. É claro que nem todos terão o sucesso que a crise merece. Esses desistem antes das vitórias.

No momento em que você reconhecer que a vida continua, ao se contaminar pelo pessimismo, a única coisa que você vai perder é um tempo precioso, vai me dar razão.

Pessoalmente nunca ví grandes histórias em momentos de calmaria. Ninguém dá a virada na vida, a não ser que a vida lhe imponha que é hora de agir mais e falar menos. Eu fiz isso, e acredite. Parei de falar na crise como algo intransponível, deixei de lamentar, comecei a tomar atitudes, acreditar que vai dar certo e misteriosamente, começou tudo a dar certo.

Não custa tentar...
 


Comentários