ARQUITETURA. Prédio em Tóquio é construído para estimular os cinco sentidos de seus moradores.


O conceito de um pequeno prédio de apartamentos em Mitaka, subúrbio de Tóquio, foi estabelecido a partir de um só objetivo: estimular os cinco sentidos das pessoas, revigorando a energia de seus moradores. E isso vale para gente de todas as idades, de crianças a idosos.
No projeto, feito em 2005 pelo arquiteto e artista Shusaku Arakawa em parceria com a poeta e escritora Madeline Gin, foram utilizados materiais de diferentes texturas, como tatames, pedras e madeira. As formas também são diversas: cubos, cilindros e esferas, tudo multicolorido, além de painéis nas paredes para escaladas. Chamam a atenção, ainda, o piso irregular e a ausência de portas e paredes. Em contrapartida, há janelas por toda parte, que permitem a entrada de luz natural e reforçam ainda mais sensação de amplitude nas áreas internas.

O “Reversible Destiny” (“Destino Reversível”) foi dedicado à Helen Keller, a escritora, conferencista e ativista social americana, que era deficiente visual e auditiva. A filosofia por trás do projeto, segundo os autores, é que a chave da longevidade está em manter corpo, mente e espírito sempre em atividade.

Fonte: O Globo

Comentários