Gigantismo : Apartamento no residencial mais alto do Brasil custa R$ 2 milhões

O maior prédio residencial no Brasil, com 159 metros de altura, foi inaugurado no último sábado, em Balneário Camboriú, Santa Catarina. O Villa Serena Home Club tem duas torres de 46 andares cada e uma metragem total de 60 mil metros quadrados, o equivalente a 20 mil toneladas de concreto.
E não é só o edifício que fica nas alturas. O preço de cada unidade é de, em média, R$ 2 milhões. Apesar do valor, 80% das unidades já foram vendidas. Ao todo, são 164 apartamentos e 543 vagas de garagem, além da área de lazer de 10 mil metros quadrados.
No Brasil, de acordo com a Skyscrapper Center, que reúne dados de arranha-céus pelo mundo, existem quatro edifícios mais altos que o de Balneário, entretanto, são todos comerciais, o que faz do Villa Serena o mais alto local para se morar no país.
Os outros “grandões” na ordem de altura são: Palácio W. Zarzur, com 170 metros; Edifício Itália, com 165 metros; Rio Sul Center, com 163 metros e Altino Arantes, com 161 metros. À exceção do Rio Sul, que fica no Rio, todos os outros ficam em São Paulo.

Fonte: O Globo

Comentários