Brasil: Os efeitos dos protestos e o mercado imobiliário.

O grupo Hyundai Caoa, investiu R$ 20 milhões na loja inaugurada em 2007 na capital mineira. A concessionária fatura R$ 3 milhões por mês. No início da noite de sábado, 22, foi destruida. O diretor estima que o prejuízo material tenha superado R$ 1 milhão.

"Isso somente com a loja e os 20 automóveis danificados", afirmou. Os veículos, explica, têm preços variando entre R$ 66 mil (o modelo HR) e R$ 90 mil (IX 35). "O pior são 20 funcionários, pais de família, parados durante 40 dias em casa", disse. "Eles vivem de comissão. Dependem da venda".
Para esta quarta feira, dia do jogo do Brasil, e ponto de encontro de mais protestos, a loja de R$ 20 milhões vai ser abandonada... Mais

Comentários