Urbanidades : O futuro da moradia está nas quitinetes

Em Nova York, quando o assunto é moradia, o mínimo é o máximo. Na cidade, há muitos mais adultos solteiros que vivem sós — eles representam mais de 33% da população — do que pequenos apartamentos a preços acessíveis. E não há sinal de que as coisas possam melhorar em breve.

Em resposta a essas mudanças demográficas, o Museu da Cidade de Nova York lançou a exposição “Making Room: New Models for Housing New Yorkers” (Abrindo espaços: novos modelos de habitação para nova-iorquinos), que pretende explorar como o design pode remodelar o estoque habitacional do município e a forma como os nova-iorquinos vivem, revela reportagem do Smithsonian.com.
leia mais

Comentários