Pechincha: Crise continua e ilhas inteiras já custam pouco mais de R$ 1 milhão

A economia mundial começa a se recuperar e os preços das ilhas também, mas ainda é possível encontrar promoções de quase 50%, segundo a Private Islands, empresa especializada na comercialização de ilhas. “Menos que o reflexo do mercado, a redução de preços é resultado das ofertas que se faz, de donos pedindo um preço muito alto inicialmente e depois abaixando para um mais realista”, diz Chris Krolow, dono da Private Islands.

 
A campeã de desconto é a Lake Winter, que está quase 50% mais barata, e agora pode ser comprada por US$ 650 mil. Com um chalé mobiliado, todo cercado por árvores, ela tem telefone, energia elétrica e é anunciada como um bom local para pescar em Wisconsin, nos EUA. Para facilitar o pagamento, os donos dizem aceitar também imóveis em troca.
A ilha Melody Key, na Flórida, também nos EUA, custa US$ 4 milhões a menos com o desconto de 40% em relação ao preço pedido inicialmente. Antes por US$ 10 milhões, a ilha recém-reformada, com infraestrutura sustentável de aquecimento, uso de água e uma casa com três suítes, agora sai por US$ 5,995 milhões.
A ilha tem praias particulares e também uma piscina. Com 24 mil m² de área, tem também porto para atracar barcos e espaço sobrando para a construção de outra casa de três quartos, segundo o anúncio.

Leia mais

Comentários