Mercado.. Um imóvel de R$ 2.2 bilhões


A Sony anunciou nesta sexta-feira (18) a venda de seu edifício-sede nos Estados Unidos, em Nova York, por US$ 1,1 bilhão, o maior valor pago por um único prédio comercial no país em dois anos, para um consórcio liderado pela incorporadora The Chetrit Group.

A venda da sede norte-americana da Sony atraiu mais de 20 ofertas, incluindo Vornado Realty Trust, Boston Properties e Mitsui Fudosan, da Mitsubishi.

A rodada final reduziu o número de propostas para oito, segundo uma fonte próxima ao assunto, acrescentando que a forma de pagamento ainda não foi definida.

O valor é o mais alto pago por um único edifício comercial nos EUA desde que o Google comprou o 111 Eighth Ave, em Chelsea, por US$ 1,8 bilhão, no final de 2010.

Leia mais

Comentários