Preços: Mercado caminha para o valor real

Os últimos dois anos foram de euforia para o mercado imobiliário, com preços surreais. Aos que esperaram, boa notícia: passado o "boom", a subida dos preços começa a desacelerar. Em pesquisa feita pelo Sindicato da Habitação do Rio (Secovi Rio) entre janeiro e junho deste ano, 14 dos 18 bairros analisados apresentaram valorização mais modesta em comparação com 2011. Gávea, Jardim Botânico, Copacabana, Centro e Vila Isabel - onde a variação do metro quadrado caiu de 25,3% para 16,7%) estão entre os bairros que mais pisaram no freio.

Mercado mais lento com acomodação de preços segundo o vice-presidente do Secovi Rio. Os donos de imóveis queriam vender por um preço acima das avaliações e hoje precisam enfrentar reduções de  pelo menos 15% do valor pedido anteriormente para conseguir vender. É preciso baixar para vender.

O jornal Extra encontrou uma corretora que esperou a euforia passar e conseguiu comprar um apartamento  por R$ 164 mil, quando o mercado praticava R$ 205 mil.

Fonte: Jornal Extra

Comentários