Tendências: Classe C tem mais casas de praia e campo que a classe A

Os dados constam de levantamento do Instituto Data Popular, especializado no mercado de baixa renda.  De acordo com o estudo, a classe C é dona de 1,46 milhão (37,1%) de casas e apartamentos de veraneio, enquanto a classe A possui 1,25 milhão (ou 31,8%). Já a classe B possui 1,23 milhao (31,1%) de residências como essas.

O levantamento foi feito a partir de dados coletados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios) e dos censos de 2000 e 2010, realizados pelo IBGE. "Com mais dinheiro no bolso, a classe média começa a investir em uma segunda casa, pensando em constituir patrimônio e investir no lazer da família", diz Renato Meirelles, sócio e diretor do instituto.

O movimento é uma alternativa importante para um mercado que anda as voltas com queda nas vendas das unidades convencionais, nas grande metrópoles. Quem já comprou, já está capitalizado e existe uma demanda reprimida para esse tipo de produto, quase popular, como segunda residência.

Leia mais

Comentários