Memória: Assim se vendia imóvel em Belém há 50 anos

Quem passa pelo outrora bucólico distrito de Mosqueiro, ainda tem como ver essa obra do mercado imobiliário paraense. Local dos ricos e endinheirados no passado, Mosqueeiro e suas praias de água doce era o palco do invetimento dos imóveis de férias e de verão.

A segunda residência poderia ter o nome de peixe da região. O tralhoto que antes só poderia ser visto nos pequenos riachos, agora tinha nome de edifício, e podia ser seu, por um financiamento a perder de vista e condições super facilitadas.

Fonte: Memórias do Cotidiano/Lucio Flávio Pinto

Comentários

Imovelbrasil disse…
Que tempo interessante.
Mesmo ainda não nascido, ouvir falar que era o tempo de outro.