Tendências : A explosão das " velhas" repúblicas.

As quatro horas diárias que perdia no trajeto entre sua casa, em Interlagos (zona sul), e seu trabalho, em Perdizes (zona oeste), levaram a publicitária Patrícia Barbosa, 37, a buscar um imóvel mais próximo do escritório.
Para driblar os custos com aluguel e contas básicas, decidiu dividir um apartamento. Logo soube que uma amiga teria uma vaga em uma casa térrea no Sumaré, próxima ao metrô Vila Madalena. Não pensou duas vezes.

Ao resolver dividir casa com uma amiga, Patrícia Barbosa ganhou endereço e o gato Nuk
"Morar em uma casa em São Paulo, em um lugar tão bem localizado, é um privilégio", comenta. Outra vantagem é que ganhou um companheiro diário: o gato Nuk, que já vivia ali.

O compartilhamento de imóveis, hábito entre universitários, tornou-se alternativa para profissionais que sentiram a alta de aluguéis.

O reajuste dos valores de locação residencial na capital paulista bateu 19,8% nos contratos novos realizados nos últimos 12 meses, até novembro. Essa é a maior variação registrada pelo Secovi-SP (sindicato do setor imobiliário) em sua série histórica, iniciada em 2005.

Leia mais


Comentários