Boa Idéia : Um cidade flutuante inspirada na Vitória Régia

As alterações climáticas deste século e a consequente previsão da subida do nível do mar irão provocar milhares de desalojados.

Pensando nisso o arquiteto belga Vincent Callebaut criou o que pode ser uma solução para este cenário de catástofre. Uma cidade flutuante, auto-suficiente e ecológica, Lilypad tem infra-estrutura semelhante à vida terrestre, recriando espaços urbanos em sintonia com o oceano.

Foi inspirada na Vitória Régia, flor amazônica batizada pelo alemão
Thaddeaus Haenke, no início do século XIX. Poderia abrigar 50.000 pessoas. A sua estrutura centra-se num lago, a partir do qual estão organizadas as três grandes áreas: a zona de trabalho, a de lazer e a dos serviços. Cada uma delas terá uma marina e uma montanha artificial. Os barcos da marina serão a ligação entre Lilypad e o continente. Já as montanhas, uma paisagem saudosa da vida terrestre.
Um conjunto de vias unirá não só as montanhas, como dará acesso às habitações e jardins suspensos construídos igualmente na perspectiva “ondulante” da cidade. 

Fonte: Obvious.org .
Veja mais aqui

Comentários