Crise: Venda de imóveis desaba 40,8% no segundo trimestre na Espanha

A venda de imóveis na Espanha desabou 40,8% no segundo trimestre do ano com relação ao mesmo período de 2010, com 90.746 operações, segundo os dados publicados nesta quinta-feira pelo Ministério de Fomento.

O ano começou com uma queda de 30,4% nos três primeiros meses, após a alta registrada no fim de 2010.

No entanto, no segundo trimestre do ano a queda foi maior, já que no mesmo período de 2010 houve um aumento das vendas porque muitas pessoas anteciparam suas compras para evitar a alta do Imposto sobre o Valor Agregado (IVA), aplicado à aquisição de imóveis novos

Comentários