Aluguel caro transforma compartilhamento de apartamentos em negócio

Carla Borges, 31, é proprietária de uma casa perto do metrô Belém que transformou em uma república. O imóvel era uma escola infantil e, por isso, tem diversos banheiros e quartos.
Ela diz que a capacidade é para 24 pessoas - 4 em cada quarto. Aluga só para meninas que "comprovadamente estudem ou trabalhem". Segundo ela, a demanda é grande e está valendo a pena transformar o imóvel em república.
Leia mais

Comentários