China tem 64 milhões de apartamentos vazios

Para manter a China crescendo, o governo central manda as províncias seguirem construindo, sem levar em conta que é preciso comprador com crédito e disponibilidade no orçamento para ocupar os imóveis. 

A economia aquecida pode esconder uma bolha que pode estourar a qualquer momento. Eles foram capazes de construir, por exemplo, o maior shopping do mundo, no lugar errado. Sem acesso ao transporte urbano, a cidade perde espaço entre os consumidores para as vizinhas e 99% do Shopping do Sudeste da China estão desocupados.

Retrato trágico e perigoso mostrado na matéria do Fantástico, da Rede Globo, do último domingo. Matéria que você pode rever abaixo.

Comentários