Apertamentos: É possível viver em uma casa de 30 m2?

Que os imóveis novos estão com metragens cada vez mais reduzidas é possível verificar a cada lançamento, mas qual é o limite para se viver confortavelmente num espaço pequeno? Para o arquiteto Gustavo Calazans, a resposta para essa pergunta tem medida certa: 
30 m². Esse é o tamanho da casa modular projetada pelo profissional para a Casa Cor São Paulo, que abriga cozinha, sala, home office, dormitório e banheiro, todos integrados entre si, com exceção do banheiro.
O projeto consiste em um retângulo de madeira que abriga quatro módulos volantes que deslizam sobre rodízios e um módulo fixo e envidraçado para o banheiro. A proposta deixa de lado o padrão de moradia com diversos espaços específicos para cada fim para dar lugar a espaços flexíveis que podem ser remanejados de acordo com as necessidades dos moradores.
Nesta casa, quando unidos, os módulos formam uma caixa fechada. Abertos, revelam os ambientes que se comunicam uns com os outros por meio de peças que se encaixam entre si. Assim, a mesa da cozinha integra-se ao sofá-cama que ocupa um dos módulos e esta peça se conecta ao espaço que abriga home-office e sala de TV.
Fonte: Casa e Cia

Confira no vídeo:


Comentários

Acredito que um espaço bem aproveitado é suficiente para as principais necessidades de uma pessoa adulta. A questão principal é adquação as necessidades e entendimento do espaço usado.