Economia desacelera, mas preço dos imóveis sobe 13% em 6 meses

Em São Paulo e Rio, quem puxou a fila em fevereiro foram os imóveis de três dormitórios; em Brasília, foram os de um quarto.

Nos últimos 12 meses, o preços das residências no Rio soma alta de 41,7%. São Paulo tem variação positiva de 24,5% em um ano, e Belo Horizonte, de 19,1%. O índice não tem dados disponíveis do acumulado para o DF.

Isso enquanto a economia brasileira desacelera e pode inclusive, fazer o banco central a reavaliar a política de juros. Ou tem algo de errado na economia, ou no mercado que cresce enquanto o resto desce ou será que com os dois?

Leia aqui e aqui

Comentários