Alerta: Crédito imobiliário fica menor e mais caro


                                      Fonte: Jornal Destak
A poupança está no limite para financiar casa própria e falta de recursos deve ser sentida em 3 anos. O crescimento acelerado dos financiamentos para a casa própria começa a preocupar alguns setores, que estimam não haver recursos da poupança, a principal fonte de recursos do crédito imobiliário (95% do total), para além de três anos.
O problema é que a poupança não está acompanhando o salto dos empréstimos habitacionais. Enquanto a caderneta cresce 20% ao ano, o crédito imobiliário expande-se 50% no mesmo período. Um dos motivos do encarecimento é que o índice que reajusta as parcelas e a poupança deve mudar da Taxa Referencial (TR) para o IPCA, a inflação oficial do governo.

No quadro acima dá pra se ter ideia do impacto, em um financiamento de R$ 100 mil em 20 anos, o valor da última prestação, se substituirmos a TR pelo IPCA, subiria 90% .

Fonte: Destak

Comentários