Fantástico, da Globo alerta para obras não entregues

Um levantamento mostra que aumentou em 136% as ações ajuizadas na capital paulista contra as seis maiores construtoras por causa de atrasos na entrega dos apartamentos

Comentários

Rodrigo Nunes Polaro disse…
Ai lhe pergunto caro Blog, além do ajuizamento na justiça, eo Ministério Público não tem como intervir outros Órgão de fiscalização tipo CREA, pois em certos casos as construtoras insistem em dizer que entregarão a obra no tempo estipulado, e qualquer leigo sabe que não entregarão.
Rodrigo. Não acho que o Ministério Público possa intervir no Crea para obrigar cumprimento de prazos. Isso é direito do consumidor e a coisa tem que ser provocada. Acho que a coisa seria mais fácil se os processos andassem mais rápidos. Só se evita o delitlo se tiver realmente medo de que a punição viria e rápido.