Rio e SP entre as dez cidades mais caras do mundo

O Hang Seng Bank comprou a HSBC Tower, em Pequim, por US$ 73 milhões. Em Seattle, nos Estados Unidos, o City Plaza Center, praticamente todo ocupado pela Microsoft, foi comprado pela Cole Real Estate Investments por US$ 310 milhões. Em Washington, o Evening Star Building, bem localizado na Pennsylvania Avenue, foi arrematado por US$ 180 milhões.

No Rio de Janeiro, o Ventura Towers foi vendido ao BTG Pactual e BR Properties ao equivalente a US$ 398 milhões. Em São Paulo, 49% do maior prédio de escritórios da Faria Lima foi negociado por US$ 351 milhões.
Estudo preparado com exclusividade pela Jones Lang LaSalle a pedido do Jornal Valor, mostra as cidades do Rio de Janeiro e São Paulo entre as dez mais caras do mundo.

O Rio de Janeiro aparece em sexto lugar, com o mesmo preço do metro quadrado de Milão - US$ 51.

São Paulo está em nono lugar, ao lado da também italiana Roma.

Fonte: Valor

Comentários