Red Bull e as promessas da arte no primeiro arranha-céu de SP

Localizado na rua Líbero Badaró, no centro, o edifício Sampaio Moreira foi inaugurado na década de 1920 e ganhou o status de pai dos arranha-céus da cidade.

É neste cenário que será aberta, neste domingo, a segunda edição do Red Bull House of Art, projeto voltado para a revelação de jovens artistas.

Estarão no edifício obras de seis artistas, todos moradores da cidade de São Paulo, sob curadoria de Luísa Duarte.

Entre os trabalhos expostos há pintura, instalações, vídeos e fotografia. A mostra fica aberta até dia 30 de novembro.

Fonte: Destak

Comentários