Mercado adota test-drive do imóvel


O test-drive da casa própria ganha cada vez mais força no mercado imobiliário.

O modelo funciona igual ao da compra do carro, em que os interessados dirigem o automóvel que pretendem adquirir. No imóvel, o futuro comprador visita o apartamento decorado - reproduz exatamente o tamanho da casa nova.

Estão usando o imóvel decorado para dar a sensação de já ter, antes de ter.

O espaço decorado faz com que o cliente das empresas saiba exatamente o que ele está comprando.

Na Espanha, esse modelo de venda vai além. É possível passar dois dias no imóvel desejado somente para "testar o ambiente".

Para ajudar na decisão da compra, o comprador é cercado de mimos, que incluem mobília digna de hotéis e, eventualmente, um café da manhã com os futuros vizinhos.

Vencidas as 36 horas de estadia, o interessado no apartamento entra num processo de leilão para adquirir o imóvel.
Leia mais

Comentários