Um hotel para Hollywood





Depois da polêmica da compra do terreno onde estão as famosas letras que deram fama a Meca do cinema americano, um escritório dinamarquês, resolveu apostar em utilidade acima do visual para aquele patrimônio americano.

O projeto do Hollywood Sign Hotel, preserva o ponto turístico e o transforma em em um hotel de 31,5m de altura - o letreiro é de 13,5m, 308 quartos distribuídos em 10 andares e um deck de observação.

Entre o letreiro e a montanha, ficarão todas as estruturas de lazer oferecidas pelo hotel, como sala de conferência, cinema, piscinas, restaurantes, um museu.


Enquanto a Torre Eiffel, por exemplo, recebe 10 milhões de visitantes por ano, cobrando 15 dólares pela entrada e tem um lucro de 150 milhões de dólares, o letreiro não tem lucro nenhum e desperdiça seu potencial.

É outra polêmica a vista, mas como se trata de americanos, que não dispensam uma boa idéia pra ganhar dinheiro, é bom ir se acostumando coma idéia.

Comentários