Tendência. Porteiro Virtual demite um velho conhecido para reduzir custos.


A síndica Rosana Nichio, de 53 anos, implantou uma portaria virtual no seu condomínio, em abril deste ano, a fim de reduzir o custo com pessoal. De acordo com ela, o conjunto residencial pagava R$ 18 mil para uma empresa terceirizada de pessoal e hoje, com o novo sistema, o gasto caiu para R$ 6,2 mil, ou seja, uma economia de 66%.
“Ainda estamos pagando o investimento que fizemos para a modernização do prédio. Trocamos o sistema de interfone, reforçamos e ampliamos o número de câmeras por outras com melhor resolução e também renovamos a cerca elétrica. Tudo isso custou R$ 50 mil”, conta. “Utilizamos o fundo de reserva para pagar e, agora, como queremos repor o saldo, mantivemos o mesmo valor de condomínio.”
Mais aqui

Comentários