Viver bem. Casa na zona leste de São Paulo recebe prêmio do Instituto Tomie Ohtake


Um projeto de moradia de baixo custo, feita com blocos de concreto e lajes pré-fabricadas de concreto armado, na Vila Matilde, zona leste de São Paulo, foi o principal vencedor do Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel 2016, anunciado na quinta-feira passada. “É gratificante e animador ver esse projeto sendo destacado em um prêmio como esse. Isso mostra para os profissionais da área que é possível usar a arquitetura para criar soluções de bem estar com muito pouco”, diz Fernanda Sakano, arquiteta e uma das sócias do escritório Terra e Tuma Arquitetos Associados.

Mais

Comentários