Memória : Lisboa transforma velhos casarões em pequenos shoppings. Glamour e Preservação em harmonia.

Situado no palacete Ribeiro da Cunha, no Príncipe Real, em Lisboa, a Embaixada abriu ontem aos consumidores. Moda, design, jóias, lifestyle, arte e restauração são as ofertas no edifício construído em 1857 pela família Ribeiro da Cunha. O patriarca fez fortuna no Brasil.

De estilo neo-árabe, o edifício que faz esquina com a Calçada da Patriarcal, tem três andares abertos para um pátio interior e uma ligação a um jardim amplo. A Embaixada conta com a presença inicial de mais de uma dezena de lojas e um espaço destinado à restauração, nomeadamente: Amélie au Théâtre, Shoes Closet, Moleskine, Storytailors, Urze, Vla Records, Organii Bebé, Organii Cosmética Biológica, Linkstore, Restaurante Le Jardin, Pavão, O da Joana/Sal/Menina e Moça/Paez, Intemporal, Temporary Brands, Boa Safra.

O projeto contempla ainda um espaço dedicado à arte e cultura, promovendo exposições temporárias de artistas.

Saiba mais
Dica do dinheirovivo.pt

Comentários