Brasil : As Mansões históricas entram na mira de um mercado selecionado.

Mas quem vive e cria seus filhos numa casa com imenso espaço e diversas dependências conseguiria se adaptar ao cotidiano de morar em um apartamento? Por que, então, decide-se vender uma casa que guarda tanta história?

O casal Luciano e Sheila Baron, proprietários de um amplo imóvel construído em 1946, demonstram ser muito apegados à história da casa que habitam. A mansão fica na  Av. Independência, escolhida a dedo numa época em que Porto Alegre era uma cidade repleta de glamour.

Quando se mudaram para Porto Alegre, na década de 70, o casal alugou o imóvel de três andares para que servisse de local para a linha de produção das roupas de alta costura concebidas pelo estilista e de residência para eles e os dois filhos. O atelier chegou a ter mais de 30 profissionais envolvidos na fabricação de roupas exclusivas.

Ainda que relembrem com uma certa saudade os tempos passados, eles sentem a necessidade de se mudar para um local menor. Saiba
mais

Comentários