Oportunidade: Crise torna Portugal uma chance rara.

É transparente a máxima qu indica as oportunidades quando tudo parece perdido. Os incentivos são maiores, os preços menores e as chances de fazer bons negócios muito mais próximas. Isso porque quando a coisa esta boa, acaba proibitiva para quem busca oportunidade.  Essa é a realidade de Portugal neste momento grave de crise européía, incluindo ai o mercado imobiliário. Quer fazer bons negócios, a hora é agora para quem aceita correr algum risco.

Crise
 
A crise fez Portugal encolher. Dados do governo indicam que, nos últimos dois anos, 240 mil portugueses abandonaram o país em busca de trabalho no exterior. Ontem, dados oficiais confirmaram uma taxa recorde de 16% de desemprego.

O cálculo do êxodo é do secretário das Comunidades Portuguesas, José Cesário, que considera mais preocupante o fato de que a maior parte dos emigrantes são jovens com nível universitário que optaram por tentar a sorte na Suíça, Alemanha, Angola e Brasil.

Se Portugal foi tradicionalmente um país de emigração, desde os anos 90 registrou uma chegada massiva de imigrantes, inclusive de brasileiros. A pior crise em décadas fez o país retornar à sua antiga característica.

A diferença é que, se nos anos 50 e 60 o êxodo foi de trabalhadores sem qualificação para toda a Europa, desta vez são jovens profissionais qualificados do país que buscam oportunidade, desta vez em ex-colônias, como Angola e Brasil. "Só em 2012 30 mil portugueses foram para Angola", declarou Cesario. Em dois anos, o país africano teria recebido quase 50 mil portugueses.
 
A página da Remax Portugal dá uma idéia de descontos até 75%. Clique aqui e descubra

Comentários