Clube do Remo: Carrossel volta a interessar a construtora

Dois anos depois da operação frustrada da venda do Baenão, em 2010, está reaberta a negociação do Remo com a construtora Leal Moreira. Agora para parceria na exploração da área do Carrossel, em comodato.

Dentro do clube já há uma oposição formada, cobrando garantias, desde já, para que a transação seja aprovada pelo Conselho Deliberativo. Presidente Sérgio Cabeça aposta na transação para organizar as finanças azulinas.  

A dica é da coluna de Carlos Ferreira de O Liberal  

Comentários