Urbanidades: O pesadelos das cidades abandonadas

A pequena aldeia de Oradour-sur-Glane , França, é o cenário de horror indescritível. Durante a Segunda Guerra Mundial, 642 moradores foram massacrados por soldados alemães como punição pela resistência francesa. Os alemães tinham inicialmente previsto para atingir a cidade próxima de Oradour-sur-Vayres e erroneamente invadiram Oradour-sur-Glane em 10 de junho de 1944.

Segundo o relato de um sobrevivente, os homens eram amontoados em galpões onde eram baleados nas pernas para que morressem mais devagar. As mulheres e crianças, que haviam sido detidos em uma igreja, morreram todas atingidas pelo fogo das metralhadoras em sua tentativa de fuga. A aldeia foi depois arrasada pelos alemães. Suas ruínas estão ainda hoje como um memorial aos mortos e um lembrete dos eventos que aconteceram.

Leia mais:  aqui

Comentários