Mercado: Separatistas querem agora mudar a capital paraense

Para o mercado imobiliário, fortemente concentrado na Grande Belém, qualquer alteração no mapa do estado poderia ter efeitos imprevisíveis. As grandes nacionais pagaram fortunas para ocupar espaço e ter direito a terrenos preciosos, poderiam ver esse esforço ser diluido.

A vitória do Não no plebiscito deste domingo, ao contrário do que poderia ser esperado, não supriu a ameaça. Agora a ordem é brigar para mudar a capital para uma cidade no centro do território paraense. Essa alteração na geopolítica também poderá ser desastrosa, se passar.

O deputado Lira Maia líder derrotado da Frente Pró-Tapajós, afirmou já nesta segunda, que as propostas de tirar do Belém, o título de capital já está em andamento.

Leia
mais

Comentários