Comportamento: As mercearias e quintadas resistem.

A quitanda do Ramiro Dias, 48, existe há mais de cinquenta anos na rua Almeida Torres. Não é exceção no bairro do centro de São Paulo, onde o pequeno comércio se nega a ficar obsoleto.

Talvez porque, nas quitandinhas e mercearias da Aclimação, as entregas chegam não na porta, mas na cozinha do cliente, e as compras são anotadas em cadernetas para pagar no fim do mês.

"E aqui os clientes batem papo. Supermercado não tem isso", explica Ramiro.

Leia mais

Comentários