Tendências - Mercado de olho no envelhecimento da população‏

Entre as reclamações de quem vive a melhor idade estão à ausência de elevadores e rampas nos prédios eedificações, acessos que dificultam a entrada nos imóveis, portas estreitas – oque dificulta a movimentação de um idoso que utilize andador, bengala oucadeira de rodas -, banheiros com poucos ou sem pontos de apoio para facilitara hora do banho e a falta de pisos antiderrapantes. “Fechaduras sem alça,iluminação precária dos ambientes e áreas comuns que não são adaptadas para acirculação de idosos também estão entre as insatisfações”, aponta.

Os novos empreendimentos têm que se adaptar a realidade deste nicho de mercado, que além de exigente possui umnível de renda bem maior do que muitos jovens e adultos ativos economicamente.“A demanda é o que mais atraiu a atenção do mercado. Para não perder nenhumnegócio há imóveis que não são feitos especialmente para os idosos, mas sãoconstruídos pensando no futuro. Ou seja, os espaços são mais amplos e com aestrutura adequada para que na velhice dos proprietários eles já estejamprontos para atendê-los”, observa.
Leia mais

Comentários