Rede UCI em Belém. Os europeus estão chegando

Se confirmada a nota de M.Bonna este domingo, as seis salas de cinema do Shopping Bosque Grão Pará ( parece ser este o nome definitivo ) que o grupo Jeiressati constrói em Val-de-Cans, em Belém acabarão mesmo na mão dos europeus da UCI .

Há 13 anos no Brasil, a Rede, que nasceu na Inglaterra, em 1985, tem complexos em várias capitais, senod que alguns são operados em parceria com exibidores locais como os grupos Severiano Ribeiro ( que já dominou a capital paraense com cines como Palácio, Olímpia e Nazaré),  e Orient Films. Os multiplex pelo pais recebem até 4 mil lugares.

Desde o primeiro em 1997, em Curitiba, vem marcando território e chega para concorrer com os paulistas da Moviecom e os mexicanos da Cinépolis.

Parece, mas não é  mesma coisa. A estratégia de orimizar a operação da UCI é muito mais agressiva. Basta visitar a página brasileira aqui, para perceber isso. Eles alugam salas para convenções de empresas, fecham o cinema para aniversários, e alugam salas inteiras para amigos em sessões particulares.

Os espaços também viram salas de aula, numa fidelização infantil importante para quem pretende ter vida longa num mercado agora mais competitivo. Tem cartões gift, daquels que as lojas vendem para dar presentes, sendo que estes equivalem a ingressos, etc etc etc.

O que se espera é que venham mais e mais e mais. Público tem, o chato é ter que perder duas horas nas filas das salas atuais pra na hora do caixa, saber que a sessão tá lotada. Bem Vindos...
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário