Casa mais cara do mundo tem com problemas com a lei

O multimilionário indiano, mukesh ambani, pode correr o risco de perder a sua "casa" de família, com 27 andares, devido às acusações que têm vindo a ser feitas de que a venda do terreno onde assenta esta gigantesca mansão foi ilegal. situada no passeio marítimo de mumbai, a construção desta torre de mil milhões de dólares (cerca de 700 milhões de euros) está actualmente sob investigação federal, porque os ministros do país afirmam que o terreno estava destinado a um centro de educação para crianças muçulmanas.
o terreno foi vendido em 2002 a amani pelo currimboy ebraim koja orphanage trust por três milhões de libras (3,5 milhões de euros), e o negócio foi aprovado pelas entidades competentes de mumbai. no entanto, algumas autoridades alegam que a venda não obteve luz verde de maharashtra state wakf board, entidade responsável por propriedades e terrenos reservados a fins religiosos ou de beneficência.

A casa é considerada a maior do mundo e a sua arquitectura foi inspirada nos jardins suspensos da babilónia. a mansão chama-se antilla em homenagem a uma mítica ilha situada no oceano atlântico, e o seu valor estará dez vezes acima do daquelas que são consideradas as casas mais caras do mundo...

Leia mais

Comentários