Boom de hostels leva novos turistas a Ipanema

Um dos mais belos cartões-postais do mundo agora cabe no bolso do turista classe econômica. O charme, a infra-estrutura e, principalmente, a Praia de Ipanema estão provocando um boom de hostels no bairro que já ameaça deixar para trás Copacabana, lugar que concentra a maior parte da rede hoteleira da cidade.

Numa única vila na Rua Barão da Torre, das 18 casas, 11 são ocupadas por hostels. Em sete deles espalhados pelo bairro, e visitados pelos jornalistas do jornal O GLOBO, é fácil perceber os atrativos: as hospedagens oferecem conforto semelhante ou melhor do que muitos hotéis convencionais. Até mesmo suítes privativas, com TV, acesso à internet e ar-condicionado - ambientes que em nada lembram os antigos albergues.

Limpeza e opções gastronômicas atraem turistas. A inglesa Niki Lynch, de 23 anos, na última quinta-feira desfrutava seu último dia de viagem pela América do Sul à beira da piscina do Hostel Bonita, inaugurado há três anos numa casa histórica do bairro, na Rua Barão da Torre, onde morou Tom Jobim entre 1962 e 1965.

Leia mais

Comentários